“CANDIDATURAS ABERTAS – PDR 2020 – MEDIDA 3.1.2.”

NÓS FAZEMOS A SUA CANDIDATURA

Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

Ação 3.1 Jovens Agricultores

Operação 3.1.2-Investimento de jovens agricultores na exploração agrícola | Setor da Viticultura (3º anúncio)

Esta Operação visa estimular diretamente o investimento de jovens agricultores, designadamente em processos e técnicas mais inovadoras e mais eficientes, reforçando a produtividade e a escala da oferta e contemplando a atratividade de investimentos relacionados com matérias de sustentabilidade económica e ambiental que reforçam a competitividade sectorial a longo prazo.

 

Estes apoios têm como principais objetivos:

  • Fomentar a renovação e o rejuvenescimento das empresas agrícolas e da estrutura produtiva agroindustrial, potenciando a criação de valor, a inovação, a qualidade e segurança alimentar, a produção de bens transacionáveis e a internacionalização do sector;
  • Reforçar a viabilidade e a competitividade das explorações agrícolas, promovendo a inovação, a gestão sustentável, a capacitação organizacional e o redimensionamento das empresas;
  • Preservar e melhorar o ambiente, assegurando a compatibilidade dos investimentos com as normas ambientais e de higiene e segurança no trabalho.

 

 – Os apoios previstos são concedidos sob a forma de subvenção não             reembolsável, até ao limite de 50 %, para os investimentos elegíveis até € 700 000.

 

Para mais informações, contate-nos através:

Telef.: 271 812 138

 

“CANDIDATURAS ABERTAS – PDR 2020 – MEDIDA 3.1.1.”

NÓS FAZEMOS A SUA CANDIDATURA

 

Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

Ação 3.1 Jovens Agricultores

Operação 3.1.1 – Jovens Agricultores | Setor da Viticultura (7º Anúncio)

Esta Operação visa aumentar a atratividade do sector a jovens investidores, através do apoio à primeira instalação na atividade agrícola, promovendo o investimento, a organização da produção e a transferência de conhecimento. A necessidade de ter uma resposta consistente para a sustentabilidade económica de primeiras instalações traduz-se numa corresponsabilização do jovem agricultor, quer ao nível da sua formação, quer ao nível financeiro, quer ainda ao nível da participação no mercado através de Organizações de Produtores.

Estes apoios têm como principais objetivos:

  • Fomentar a renovação e o rejuvenescimento das empresas agrícolas;
  • Aumentar a atratividade do sector agrícola aos jovens investidores, promovendo o investimento, o apoio à aquisição de terras, a transferência de conhecimentos e a participação no mercado.

 

– Os apoios previstos são concedidos sob a forma de subvenção não             reembolsável, até ao limite de 50 %, para os investimentos elegíveis até € 700 000.

 

Para mais informações, contate-nos através:

Telef.: 271 812 138

Curso EFA – Técnico(a) de Logística

A AENEBEIRA celebra protocolo com a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP)

A AENEBEIRA – Associação Empresarial do Nordeste da Beira e a CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal celebraram um protocolo, no passado dia 8 de Janeiro, para o desenvolvimento de várias atividades de prestação de serviços aos agricultores, nomeadamente:

  1. Receção de pedidos de ajuda no âmbito da PAC;
  2. Atendimento e esclarecimento aos beneficiários para efeitos de registo ou atualização da informação registada nas bases de dados do sistema de Identificação de Beneficiário (IB) e do Sistema de identificação Parcelar ou Parcelário (SIP), por iniciativa dos próprios;
  3. Registo nas bases de dados informatizadas do sistema nacional de informação e registo animal (SNIRA), das ocorrências relativas aos animais que integram uma exploração pecuária e das movimentações dos mesmos para e a partir desta, bem como de toda a informação e documentação necessária e prevista na legislação em vigor, para a correta manutenção da base de dados;
  4. Apoio aos agricultores na recolha informática direta e submissão dos formulários disponíveis no i-DIGITAL para benefício das ajudas, prémios e apoios financeiros, definidos a nível europeu e nacional, no âmbito da agricultura e do desenvolvimento rural.

 

A AENEBEIRA celebra protocolo com a Caixa Geral de Depósitos

 

 

 

A AENEBEIRA – Associação Empresarial do Nordeste da Beira e a Caixa Geral de Depósitos celebraram, no passado dia 13 de Março, um protocolo que visa proporcionar às empresas e empresários associados, o acesso, em condições especiais, ao crédito para investimento ou para cobertura das necessidades correntes de exploração, bem como aos serviços bancários da Caixa e das Empresas do Grupo CGD, nomeadamente:

  • Crédito até 12 meses (curto prazo; conta-corrente);
  • Apoio ao investimento/modernização;
  • Leasing;
  • Renting;
  • Terminais de Pagamento Automático;
  • Seguros;
  • Garantias bancárias e emissão de declarações de capacidade financeira, para diversos fins, nomeadamente pagamento e reembolso de encargos fiscais, substituições de depósitos definitivos, recebimento de ajudas atribuídas no âmbito de Programas Comunitários.

FICHA DE PROJETO – FORMAÇÃO-AÇÃO MELHOR TURISMO 2020

Este projeto tem como objetivo “intensificar a formação dos empresários e gestores para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, assim como dos trabalhadores das empresas , apoiada em temáticas associadas à inovação e à mudança…”, para além disso, comtempla intervenções formativas organizadas com recurso a metodologias de formação-ação, desenvolvidas na modalidade de projetos conjuntos e incluídas na tipologia de investimento Qualificação das PME do COMPETE 2020.

Imagem1

Imagem12

 

Apoio às Empresas

Dinamizar Tcs

A AENEBEIRA vai realizar no próximo dia 26 de Abril pelas 21:00 horas, no auditório do Pavilhão Multiusos de Trancoso, uma sessão de apresentação de programas de Apoios às Empresas. Serão apresentados os programas de consultoria/formação QIPME, Dinamizar e MelhorTurismo 2020 e o novo Programa de Apoio ao Investimento SI2E.