Declaração de Existências de Suínos Dez 2018

Os proprietários de explorações de suínos são obrigados a declarar os efetivos que possuam durante o mês de dezembro de 2018, reportando-se ao primeiro dia daquele mês.

A declaração de existências de suínos poderá ser efetuada diretamente pelo produtor, na Área Reservada do Portal do IFAP, em O Meu Processo, acedendo ao menu “Animais”, através das entidades reconhecidas, numa das Salas de atendimento existentes para o efeito, ou nos Serviços Veterinários Oficiais.

Para mais informações consulte o Manual de registo de declarações de existências de suínos, também disponível no Portal, ou dirija-se à Sala de Atendimento na AENEBEIRA.

Oferta Formativa

Encontram-se abertas as inscrições para Formação Modular Certificada para Ativos empregados e desempregados. Para além das ações previstas, podem ainda ser programadas ações de acordo com as necessidades de formação.

FORMAÇÃO MODULAR CERTIFICADA

  • Informática (Internet, Processador de texto, Folha de Cálculo)
  • Higiene e Segurança Alimentar
  • Nutrição e Dietética
  • Segurança e Higiene no Trabalho
  • Atendimento
  • Línguas Estrangeiras (Inglês, Francês, Espanhol)
  • Legislação Laboral
  • Técnicas de Vendas e Negociação
  • Marketing
  • E-commerce (Comércio Online)
  • Socorrismo
  • Ética e Deontologia
  • Gestão do Tempo
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Liderança e Gestão de Equipas
  • Relacionamento Interpessoal

FORMAÇÃO À MEDIDA

  •  Comércio
  • Marketing e publicidade
  • Contabilidade e Fiscalidade
  • Gestão e Administração
  • Secretariado e Trabalho Administrativo
  • Ciências informáticas
  • Informática na ótica do utilizador
  • Indústrias Alimentares
  • Eletricidade e Energia
  • Floricultura e Jardinagem
  • Trabalho Social e Orientação
  • Hotelaria e Restauração
  • Proteção de Pessoas e Bens
  • Segurança e Higiene no Trabalho

 

“CANDIDATURAS ABERTAS – PDR 2020 – MEDIDA 3.1.2.”

NÓS FAZEMOS A SUA CANDIDATURA

Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

Ação 3.1 Jovens Agricultores

Operação 3.1.2-Investimento de jovens agricultores na exploração agrícola | Setor da Viticultura (3º anúncio)

Esta Operação visa estimular diretamente o investimento de jovens agricultores, designadamente em processos e técnicas mais inovadoras e mais eficientes, reforçando a produtividade e a escala da oferta e contemplando a atratividade de investimentos relacionados com matérias de sustentabilidade económica e ambiental que reforçam a competitividade sectorial a longo prazo.

 

Estes apoios têm como principais objetivos:

  • Fomentar a renovação e o rejuvenescimento das empresas agrícolas e da estrutura produtiva agroindustrial, potenciando a criação de valor, a inovação, a qualidade e segurança alimentar, a produção de bens transacionáveis e a internacionalização do sector;
  • Reforçar a viabilidade e a competitividade das explorações agrícolas, promovendo a inovação, a gestão sustentável, a capacitação organizacional e o redimensionamento das empresas;
  • Preservar e melhorar o ambiente, assegurando a compatibilidade dos investimentos com as normas ambientais e de higiene e segurança no trabalho.

 

 – Os apoios previstos são concedidos sob a forma de subvenção não             reembolsável, até ao limite de 50 %, para os investimentos elegíveis até € 700 000.

 

Para mais informações, contate-nos através:

Telef.: 271 812 138

 

“CANDIDATURAS ABERTAS – PDR 2020 – MEDIDA 3.1.1.”

NÓS FAZEMOS A SUA CANDIDATURA

 

Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

Ação 3.1 Jovens Agricultores

Operação 3.1.1 – Jovens Agricultores | Setor da Viticultura (7º Anúncio)

Esta Operação visa aumentar a atratividade do sector a jovens investidores, através do apoio à primeira instalação na atividade agrícola, promovendo o investimento, a organização da produção e a transferência de conhecimento. A necessidade de ter uma resposta consistente para a sustentabilidade económica de primeiras instalações traduz-se numa corresponsabilização do jovem agricultor, quer ao nível da sua formação, quer ao nível financeiro, quer ainda ao nível da participação no mercado através de Organizações de Produtores.

Estes apoios têm como principais objetivos:

  • Fomentar a renovação e o rejuvenescimento das empresas agrícolas;
  • Aumentar a atratividade do sector agrícola aos jovens investidores, promovendo o investimento, o apoio à aquisição de terras, a transferência de conhecimentos e a participação no mercado.

 

– Os apoios previstos são concedidos sob a forma de subvenção não             reembolsável, até ao limite de 50 %, para os investimentos elegíveis até € 700 000.

 

Para mais informações, contate-nos através:

Telef.: 271 812 138

Curso EFA – Técnico(a) de Logística

A AENEBEIRA celebra protocolo com a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP)

A AENEBEIRA – Associação Empresarial do Nordeste da Beira e a CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal celebraram um protocolo, no passado dia 8 de Janeiro, para o desenvolvimento de várias atividades de prestação de serviços aos agricultores, nomeadamente:

  1. Receção de pedidos de ajuda no âmbito da PAC;
  2. Atendimento e esclarecimento aos beneficiários para efeitos de registo ou atualização da informação registada nas bases de dados do sistema de Identificação de Beneficiário (IB) e do Sistema de identificação Parcelar ou Parcelário (SIP), por iniciativa dos próprios;
  3. Registo nas bases de dados informatizadas do sistema nacional de informação e registo animal (SNIRA), das ocorrências relativas aos animais que integram uma exploração pecuária e das movimentações dos mesmos para e a partir desta, bem como de toda a informação e documentação necessária e prevista na legislação em vigor, para a correta manutenção da base de dados;
  4. Apoio aos agricultores na recolha informática direta e submissão dos formulários disponíveis no i-DIGITAL para benefício das ajudas, prémios e apoios financeiros, definidos a nível europeu e nacional, no âmbito da agricultura e do desenvolvimento rural.